mini-logo-levmente

Receba nossos artigos

Aguarde, enviando contato!

Razão X Emoção: um conflito desnecessário para o bem-estar

Razão x emoção! Você já deve ter parado para pensar sobre isso, porque é um dilema muito comum. Seja na vida sentimental, no trabalho, nos estudos, enfim, em todas as áreas da vida.

Se ainda não passou por isso, uma hora ou outra você vai ter que enfrentar esse duelo.

Mas, para ser sincero, esse tema é muito mal compreendido. Será mesmo que razão e emoção são coisas que podem ser separadas?

Mais: qual é a influência desse impasse para sua vida?

Vamos responder essa questão neste texto. Você vai saber como a razão e a emoção têm influência no seu bem-estar, trabalho e relacionamentos. Acompanhe.

Razão X Emoção: um conflito desnecessário para o bem-estar

Razão x emoção e psicologia

O embate razão x emoção geram classificações de pessoas como mais emocional e outra mais racional, mas será que isso faz algum sentido?

A questão é a seguinte, nós somos um misto de razão x emoção, na psicologia não existe uma separação e sim uma mistura. O que as pessoas chamam de pessoa racional é, na verdade, alguém que desenvolveu inteligência emocional, ou seja, é alguém que conhece e controla muito bem suas emoções.

Então é preciso que você conheça suas emoções e controle excessos que atrapalham sua vida pessoal e profissional, veja:

Agora que já viu as dicas da psicóloga Monica, vamos ver um pouco mais sobre papel da inteligência nisso tudo.

Inteligência emocional: razão x emoção

A razão x emoção está presente na vida de todo mundo. Porque todos têm momentos emocionais fortes e também momentos em que a razão deve prevalecer. Nossa vida não é uma planilha de Excel, certo?

Mas se agir somente pelas emoções ou pela razão é bem provável que erre e tome uma decisão bem ruim. Isso pode perturbar sua saúde mental, dificultar os relacionamentos sociais e deixá-lo bem desanimado.

Por isso, é preciso balancear a influência racional e emocional na sua vida. Você tem que desenvolver uma habilidade chamada inteligência emocional para não ser racional demais e nem emocional demais.

Nós já abordamos bem a questão da inteligência emocional, se quiser saber mais, clique para ler este artigo: O que é inteligência emocional e como ela pode te ajudar.

Mas saber que precisa controlar sua emoções é o essencial para començarmos, vamos desenvolver mais esse tema:

Por que usar emoção e razão juntas?

A emoção e a razão precisam caminhar juntas para que você consiga tomar decisões bem fundamentadas. Como dissemos, tomar uma atitude na "flor da pele" não é muito inteligente, assim como tomar uma atitude puramente racional, essa última ainda pode te tornar insensível.

Vamos dar um exemplo bem simples: olhe a sua volta e veja o que é dispensável.

Será que você realmente necessita de objetos com design bem trabalho, será que precisa de uma planta dentro do seu escritório, um quadro na parede, uma cortina colorida?

Às vezes nos cercamos de coisas bonitas que não tem uma serventia imediata, que não são práticas. Sabe por quê? Cercar-se de coisas bem desenhadas, plantas bonitas, quadros, cores, etc está mais ligado aos seus sentimentos do que a sua necessidade racional.

É por isso que não existe um ser puramente racional, porque você em algum momento irá se baser no "gostar". Da mesma maneira não há uma pessoa puramente emocional porque, geralmente, as pessoas não se entregam às emoções praticando excessos como:

  • gritar com os outros;
  • chutar objetos;
  • constranger alguém;
  • assediar etc.

Quando alguém faz isso, sabemos que há algo de errado. Então a dicotomia razão x emoção não deve existir, você precisa saber usar elas de forma balanceada. Se você tem sido mais emocional do que racional ou mais racional que emocional é preciso buscar o quilibrío, veja.

Como conquistar o equilíbrio da emoção e da razão?

Agora já sabe que essa coisa de razão x emoção não existe, então precisa saber como alcançar o equilíbrio da emoção e da razão, veja:

  • "conheça-te a ti mesmo": essa frase ficou muito famosa com o filósofo Sócrates bem antes Cristo e ainda vale até hoje.

Se você não se conhece bem, não conseguirá controlar suas emoções, por isso, busque em si mesmo quais são os momentos que mais despertam seus sentimentos. Pare alguns minutos para pensar sobre você.

Esse é o primeiro passo, o mais simples e o mais ignorado. Sem isso não tem como avançar. Se conseguir, fale com a psicóloga Monica, ela vai te ajudar a desenvolver o autoconhecimento e o equilíbrio da emoção e razão.

Fale com a psicóloga agora mesmo!

Escrito por Maykon em 30 de novembro, 2020
Psicologia Inteligência Emocional Saúde da Mente Bem-estar

Postagens Relacionadas